O Rio

Rio,
Que molha a vida,
Corre frio,
Não é sombrio…

Não é sombrio,
Não é triste,
Corre como um fio,
Como um fio que resiste…

Resiste esse fio,
Resiste à maldade e à tristeza,
Tem coração cheio, não vazio,
Pertence à tua natureza…


Rosa Brava, 4º ano

12 comentários:

Anónimo disse...

Tens a certeza que estás no 4º ano? Escreves muito bem para a idade

Anónimo disse...

Muito bem Ritinha, assim mesmo é que é. Gostei! Continua.

TIA SUSANA disse...

ÉS O ORGULHO DA TIA, QUERO UM AUTÓGRAFO!!!

Anónimo disse...

Ritinha, vais ser uma celebridade. Parabéns, o teu poema é muito, muito bonito.Beijinhos.Eva

Isabel Alves Teixeira disse...

Gostei.
Que sejas, tu também, como um rio, alegre, com vontade de escrever coisas... sejam essas coisas tristes, alegres, densas, cristalinas...enfim, talvez um dia te encontre, no mundo fantástico das letras, dos sonhos, da imensidão.

Parabéns.

Carla disse...

adorei o teu poema, ritinha. Tens que continuar a escrever para alegrar os nossos corações. BJIS

CATARINA disse...

Gostei muito amiguinha! Está espectacular. Beijos da tua amiga .

Patrícia disse...

Ritinha,adorei o teu poema,parabéns.Da tua amiguinha Patrícia.

Patrícia disse...

Ritinha,adorei o teu poema,parabéns.Da tua amiguinha Patrícia.

joao pedro disse...

muito bem ritinha continua assim .
beijos do teu amigo jota


parabéns

joao pedro disse...

muito bem ritinha continua assim .
beijos do teu amigo jota


parabéns

Anónimo disse...

muito bem rita continua assim