O jardim

Num jardim perdido
sem me conseguir libertar…
Sei que alguém me há-de vir tirar
deste fim de mundo…
Fim de mundo gigante.

Chamei, gritei, mas ninguém ouviu
até que apareceu uma pessoa,
perguntei-lhe o seu nome,
mas não respondeu…
Voltei a perguntar, mas nem sinal
desapareceu num segundo…

Voltou a aparecer, por trás de mim
e respondeu…
Chamava-se Anjo, e voltou a desaparecer
e nunca mais a vi…
Onde está aquele Anjo de Paz?


As Orquídeas, 4º ano

3 comentários:

Patricia disse...

está muito giro!
Beijinhos da Patricia

Rita disse...

´tá fichorio!
beijos da Ritinha.

Rita disse...

´tá fichorio!
beijos da Ritinha.